segunda-feira, 25 de julho de 2022

É quase impossível ficar rico casado, mas...

Fala meus amigos da Finansfera, fire$$ e mustachians rsrs. Resolvi fazer esse post por que eu finalmente casei. Sim, amarrei meu burro no pasto É uma nova fase da minha vida que posterguei por bastante tempo. Afinal, foram 5 anos de namoro, entre várias idas e vindas. 

Para tomar essa decisão, primeiro tive que matar os meus demônios. Segundo, ter condições financeiras. 

Os últimos 3 anos eu não fiz atualizações financeiras aqui no blog, mas foram anos de vaca gorda. Com nosso comércio prosperando em tempos de commodities em alta. Ganhei salários que nunca imaginei na vida, e fiz um belo pé de meia que me permite ter um custo de vida relativamente alto em comparação com os 1.500/mês que já vivi há 4 anos atrás.

Mas uma coisa interessante que venho percebendo nessa nova etapa da minha vida, é o quanto é difícil economizar em um casamento. A verdade que grande parte das mulheres não tem o mesmo olhar financeiro que a gente, elas só querem comprar.

E eu não acho que isso seja ruim. Já ouvi relatos de homens que tem mulheres muquiranas em casa e que não costuma dar muito certo. 

Dois muquiranas em uma casa = qualidade de vida miserável.

Sim, todas as coisas que vou comprar, eu coloco um olhar financeiro, que minha mulher não tem. Mas, em contra-partida, ela tem um olhar não-financeiro, e no final acaba sendo uma boa decisão, que melhora o ambiente ou a qualidade de nossa vida.

Isso só é possível por que tenho condições, alto salário e dinheiro sobrando em aplicações que rendem juros.

O desejo de ser rico e não depender de ninguém.

Eu acho que seria infeliz se tivesse tendo altos gastos e ainda não fosse levemente "rico". Por que o desejo de ser rico e independente sempre esteve em mim. E quando você tem uma família para tratar com um salário médio do brasil, essa é uma tarefa difícil. Quase impossível. Eu percebo isso agora que eu casei, nunca tive essa visão.

Quando se é solteiro, você aperta o cinto, come mal, economiza gasolina, não tem bons móveis, e só acumula grana. Casado, a coisa muda, você não quer negar alguma coisa para sua mulher, você quer prover ela. 

Mas você ganha uma Rainha.

Na verdade, nunca tivesse mentalidade de provedor, sempre fui muito egoísta, mas aprendi e estou aprendendo que essa é uma das melhores armas para ter um casamento feliz. Quando você da oque sua mulher quer, ela te trata com um Rei.

Já disse um amigo meu: "Não tem nada mais que acaba um casamento do que o brefo" 

E concordo plenamente com ele. Sem dinheiro, tudo fica mais difícil.

Por fim, se eu aconselho os jovens a casar? Depende do seu objetivo. Se você quer ficar rico, casamento não é uma boa ferramente para alcançar isso. Pelo menos na minha humilde opinião, sei que tem quem discorde. Sei também que o casamento é um freio para homens sem auto-controle que gastam tudo com puta ou cachaça, não é o meu caso.

O Caso do Mr.money Mustache

Do outro lado, eu vejo caras como o Mr.money Mustache que era casado com uma muquirana também, e a vida deles não parecia ser tão feliz assim. Não pareciam ser o casal do ano. Tanto é que se divorciaram. A vida não é só produzir, também temos que consumir as benesses dessa civilização moderna.

Não é querendo falar mau do cara, por que cada um vive da forma que quer, mas oque adianta acumular aquele tanto de dinheiro, e não conseguir gastar nem metade dos dividendos mensais? Simplesmente não consegue, a cabeça acostumou a economizar em tudo. 

Mas oque eu aconselho de verdade é que se você encontrou uma boa mulher e decidiu casar, não fique de muita muquiranice, fique rico para prover o melhor para ela, você terá uma rainha dentro de casa. Se ainda não ficou rico, pense duas vezes antes de casar se seu objetivo é ficar rico financeiramente.


terça-feira, 5 de julho de 2022

A experiência de organizar campeonatos na minha cidade.


Eu sempre fui apaixonado por esportes, até onde me lembro me interessei por jogos de vídeo game de futebol aos 7 anos. Iniciei em uma escolhinha de futebol aos 8, e sempre estive envolvido com futebol. 

Só diminui minha prática de esporte na adolescência, mas ainda assim estava envolvido com o “esporte virtual”. Eu organizava jogos de futebol em uma espécie de organização “CBF” em um jogo On-line. Cheguei ao cargo de líder geral na época.


Essa experiência foi interessante, por que adquiri várias habilidades que me seriam úteis no futuro quando me envolveria com o futebol amador da cidade. Essas habilidades incluíam, fazer tabelas, organizar campeonatos, lidar com gente e seus interesses pessoais, entre outras coisas.


O fato que eu abandonei esse jogo em 2013, e me envolvi com o futebol da minha cidade em 2019. Fiquei esses 6 anos focado em trabalho, desenvolvimento pessoal e mulher. Mas neste tempo eu não estive longe dos esportes também , de certa forma estava ligado nos esportes por meio do meu vício em apostas esportivas.


Mas eu não esperava


Eu nunca planejei organizar campeonatos em minha cidade, cheguei a ser praticamente  um “secretário do esporte” em relação ao futebol. Organizei ou ajudei a organizar 90% das competições de futebol dos últimos 3 anos em minha cidade. 


Muitas pessoas me elogiam e dizem que eu mudei o futebol da cidade incrementando coisas que nunca teve, e que não tem em outras cidades.


Realmente é muito bom você ser bom em uma coisa que é natural para você e te traz prazer ao mesmo tempo. Nunca fiz por dinheiro, mas sim por hobbie.


Mas uma hora cansa…


Mas hoje depois de 3 anos fazendo esse trabalho comunitário, estou prestes a abandonar essa atividade. Isso porque eu comecei a perceber como esse meio é sujo de certa forma. Boleiros no geral são em sua maioria a escória da sociedade. 


Desorganizados, infieis, malandros, desonestos, preguiçosos, cachaceiros. Só querem saber de jogar bola.


Óbvio que tem algumas pessoas que são gente boa. Mas não dá para dizer que você salva 5 que você levaria em sua casa. Fiz uma amizade verdadeira nesses 3 anos. 


Já passei por 2 situações em que boleiro deu em cima da minha mulher em rede social, depois de ver ela comigo em campo.


Sem contar que quando você está na liderança do campeonato é sempre cobrado por várias coisas. 


Nego já ligou para mim meia noite me ameaçando porque não coloquei o nome dele na artilharia. Nego gasta milhares de horas no dia perturbando em um grupo de whatsapp quando quer mudar a tabela para favorecer o time dele. Mas aprendi a lidar com isso na experiência que tive no jogo On-line. Mas é cansativo, aliás cansei.


Foco é outro…


Confesso que me desgastei pra caramba nesses anos mexendo com isso, e estou pretendendo me aposentar. 


Lidar com gente realmente não é fácil. Ainda mais quando você não ganha 1 real com isso. 


Estou entrando em outra fase da minha vida, prestes a me casar e formar uma família. Quero ter minha vida em ordem, com boas pessoas ao redor, focando no trabalho, em estar em forma e dinheiro passivo.