terça-feira, 8 de novembro de 2022

Meu perfil de investidor.

 Eu ando escrevendo muito nos últimos meses no meu diário, e de vez em quando eu tenho algum insight que eu acho que compensa postar aqui afim de que ajude alguma alma viva por esse Brasil.

Esses insights no meu diário tem me ajudado muito a descobrir quem eu realmente sou, oque eu gosto, qual meu propósito, minha vocação. Tem sido um período de descoberta de mim mesmo.

Dica: Geralmente quem você é de fato, tem a ver com quem seus antepassados foram, você geralmente esta vivendo os mesmos gostos e vida do seus antepassados, seja o pai ou avô.

Hoje mesmo eu estava tendo um insight sobre investimentos.

Eu já investi em bolsa várias vezes e nunca consegui manter minhas ações por mais de 30 dias, sempre meu cérebro me implorava para vender aqueles negócios. Desde 2020 que é assim. Porque eu sou assim?

Então cheguei a conclusão que meu cérebro queria mesmo era que eu "jogasse" na Bolsa e não investisse de fato, mesmo que esse fosse o objetivo racional por trás. Meu cérebro queria jogar.

Então decidi não investir mais em bolsa, confesso que depois que parei sinto abstinência até hoje. Sempre estou querendo investir em uma açãozinho para o longo prazo, mas sei que é só meu cérebro me sabotando e me convencendo a jogar.

Então resolvi investir em Renda Fixa, e confesso que consegui me sentir mais confortável e ter paz mental. Embora esteja sentindo saudades daquela "emoção" de comprar e acompanhar ações, de ser "sócio" de empresas rs.

Mas confesso que ainda não sei se esse será o meu caminho mesmo. Queria no fundo investir em ações, mas não consigo ver isso se alinhando com meu perfil de "viciado em apostas". Me parece que sempre vai ter o sentimento de apostas por trás de um investimento em ações via Home Broker.

Acredito que no futuro terei uma combinação de dinheiro diversificado em: 

Minha empresa, 1 imóvel, Empréstimo para alguns empresários de confiança e uma parte em Renda Fixa. 

Não sei se consigo encaixar ações no meu perfil. 

Já pensei em investir em Gado e Terra, é o grande investimento da minha região, mas estou vendo isso cada vez mais distante. Isso porque não gosto de terras e o negócio está ficando cada vez mais nichado.

Talvez Deus queira que meu dinheiro seja utilizado para criar oportunidades na minha comunidade local via empreendedorismo ou coisas do tipo. Não sei. Só sei que gosto de investimentos financeiros, mas ainda não descobri como encaixar na minha personalidade. Talvez não seja minha real vocação.



Eu admiro muito esse empresário aqui no Brasil, Geraldo Rufino. Ele sempre foi meio All-In na empresa dele e veste a camisa, me identifico muito com ele. Talvez seja uma pista da minha personalidade.


10 comentários:

  1. Mesmo que vc invista em boas empresas, se for com o pensamento de resgatar o dinheiro no curto prazo, será uma aposta. As cotações das ações são tradução dos humores dos seres humanos que estão ali investindo. E isso significa que a grande maioria são impacientes. Por isso ser ver as oscilações. Os pacientes compram dos impacientes.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então mano, o pensamento racional não é resgatar a grana no curto prazo, mas sim deixar lá pelos próximos anos, mas oque eu disse é que não consigo segurar, meu cérebro pede para vender.

      Excluir
  2. Eu aprendi que devemos ir quebrando muitas barreiras dentro de nós que impedem atingir nossos objetivos .

    Eu acredito que a preguiça e burrice entranhada no nosso coração e alma é o verdadeiro inimigo , e não a casta política , sociedade ou qualquer outro fator esterno a nós que impede de atingirmos nossa felicidade e paz de espírito .

    https://blogderasratel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim de fato. Mas acredito muito em vocação/personalidade de cada um, afinal, cada um tem habilidades diferentes e gostos diferentes.

      Excluir
  3. Interessante o seu ponto de vista, Peão. Por enquanto o buy and hold diversificado tem dado certo para mim. Mas isso é de cada um. Tradicionalmente, o que sempre deu dinheiro são negócios (principalmente os tradicionais), poupança e imóveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema das ações que eu vejo é a facilidade de se livrar daquilo. Como já diria um sábio "Os mortos são ótimos investidores"

      Excluir
  4. Cara, quem é essa lorinha da foto do seu blog? Ela é muito gostosa!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Você não tem perfil para a bolsa no momento, é melhor se manter longe dela e ficar só no CDB do Bancão.

    O perfil de investidor muda com o tempo e digo por experiência própria que só me tornei o investidor de renda variável quando fui colocando um pé de cada vez.

    Eu gosto da ideia de investir em lavoura e pecuária, mas infelizmente isso virou algo viável para quem tá nasceu no meio (herdeiro), pois começar do zero demanda pesados investimentos financeiros.

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Pi, é oque eu estou fazendo, e estou me sentindo muito bem nessa nova caminhada, cabeça ta bem tranquila e sentindo 0 vontade de voltar para o mercado financeiro.

      CDB de 14% a.a é vida.

      Excluir