quinta-feira, 30 de junho de 2022

Só uma coisa; fundo de índice.

"Você só precisa de uma coisa nos investimentos, botar toda sua grana em fundos de índice."


Eu sempre ouvi isso de alguns ídolos meus como Mr.MoneyMustache e JL Collins da Finansfera gringa. E cada dia que passa vejo que eles tem toda razão.


As únicas pessoas que vejo não aconselhando a investir em fundos de índice é por que vende cursos ensinando a “investir em ações individuais” 


Cara.. você olha para PIBB11 no Brasil e vê uma rentabilidade de 12% a.a nos últimos 16 anos. Você olha para os EUA e vê mais ou menos a mesma coisa nos últimos 200 anos.




Se a gente pegar essa mentalidade na bolsa, que é só investir em fundos de índice e esperar os 10-12% anualizado, você vai investir sossegado como se fosse uma renda fixa.


Agora…


Se escolhe o caminho das ações individuais, sempre vai ter aquela dúvida.. será? Você nunca tem certeza se escolher as ações certas, e sempre vai ficar com ansiosidade em relação a sua cartela de apostas.


E a prova é que a maioria dos blogueiros que conheço que investe em bolsa, está atrás do PIBB11 em rentabilidade. Não estou vendo ninguém por aí gerando “alfa”


É fácil olhar para trás e dizer que “empresas boa retornaram mais que o Índice” mas oque to dizendo é que nosso cérebro dificilmente ficará em paz com empresas “boas”, por que a gente não tem certeza se vai ter perfomance razoável. Acho que é diferente com os fundos de índice, é quase uma certeza.


Enfim é isso, só mais um insight que tive aqui. Se hoje tivesse que investir na bolsa, socaria em PIBB11 sem medo de ser feliz,  e teria certeza dos meus 12% anualizado.

15 comentários:

  1. Eu não invisto em índice, assinei uma boa casa de análise e compro as ações que julgo boas através da análise deles, claro, me aprofundando um pouco.
    Não vejo problema em me expor a um pouco de risco desde que gerenciado.
    Sempre surgem empresas descontadas no mercado, basta ficar atento.
    índice é pra quem é preguiçoso ou não curte o mercado.
    Eu gosto e curto estudar um pouco, então pra mim faz sentido.
    Boa sorte Peão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, basta saber se essa estratégia consegue bater o indice no longo prazo né. É igual comprar os fundos, que geralmente batem o indice. O problema que se o fundo começar a perfomar mal, você vai desacreditar nele e querer vender.

      Agora, como eu disse, se você tem convicção que o "fucking" mercado vai subir no longo prazo como fez nos últimos 50 anos, então vocÊ bota tudo no indice e espera tranquilo o retorno de 10 a 12%

      Excluir
  2. Tem uma questão matemática aí. Use uma calculadora de potenciação, pois 180% dividido por cinco anos dá bem menos que 12%. Salvo engano é como se fosse uns 9% a 10% anuais ou algo assim. Não é divisão simples (como eu fazia nos primeiros anos de cálculos)

    Dito isso, sou um grande defensor do investimento passivo (fiz ativo a vida toda porém) e até já comentei isso nos comentários desse blog há alguns meses.

    Estatísticas mostram que a grande maioria fica abaixo dos índices passivos mesmo. A grande maioria obviamente também acha que ficará acima e que isso "não é tão difícil".

    Apesar de ter batido o PIBB11 no meu período de dez anos investindo, abri mão de fazer gestão ativa de um ano pra cá e tenho migrado cada vez mais para ETF. Sobraram umas SAPR só.

    Pode ter sido mera sorte minha gestão ativa. Sorte e aleatoriedade falam muito alto no mercado, mesmo no longo prazo. Vários estudos sobre isso.

    Enfim, stock picking só vai funcionar para 10 a 20% das pessoas. Sozinho certamente é mais difícil ainda. E não se sabe por quanto tempo.

    Abs,

    Trabalhar Pra Si Mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala irmão, obrigado pelo comentário, de muito valor. Cara você falou uma coisa interessante. Aleatoriedade. Sorte. Para mim é isso, oque define a estratégia de comprar ações individuais. É como eu falei, é uma cartéla de apostas. Você nunca vai ter certeza que aquilo vai ter retornar pelo menos 10%, sempre vai ter dúvida, e a chance de segurar é menor.

      Eu vejo que se você tem convicção que o mercado vai te dar esse retorno, é bem mais fácil de segurar, psicologicamente falando.

      Enfim, vejo argumentos contra o indice Brasileiro porque é muito ciclico e commoditizado, mas o Brasil não é isso mesmo? Você pegas as cujas "melhores" empresas da bolsa, e elas estão com preços absurdos, com média de 20 de P/L. Como confiar que isso vai retornar bem no longo prazo? Você até é dono de coisas boas, mas a insegurança sobre o retorno é bem maior.

      Excluir
  3. I sem contar cara o próprio warren buffet, cara para min foi muito revelador que fundos de índice ganham de fundos ativos justamente por causa das taxas, vc podia ter usado como exemplo esse desafio do warren buffet contra os fundos hedge

    ResponderExcluir
  4. EUA e BR Tem uma diferenças que acho ser o ponto chave. Aqui no br ETF não distribui dividendos logo qualquer rentabilidade tem que considerar que não é puramente ganho de capital. Outro ponto é tributação (não há isenção). Se não há dividendos logo uma pessoa FI, teria que vender a cota para usufruir do dinheiro e se vendido com qualquer lucro teria imposto automaticamente.

    Abs
    Chavao

    ResponderExcluir
  5. Reconheço que investir em ETF é a melhor saída no exterior, mas tenho alguns pontos que não me permitem adotar essa estratégia no Brasil:

    1. O nosso mercado de ETF ainda é bem limitado e cheio de taxas relativamente elevadas.
    2. Os nossos principais índices são cheios de muito lixo ineficiente.
    3. Gosto da ideia de escolher um negócio e receber dividendos (aqui é uma questão pessoal de "quero aproveitar a jornada).

    Entretanto considero que no longo prazo a tendência é esse segmento amadurecer e eventuais taxas de administração diminuírem. Se tivesse a opção de receber dividendos também poderia ser uma vantagem bacana.

    Em relação a rentabilidade acho que você tem razão.

    Achei curioso o quão frustrante foi investir em PIBB11 entre 2010 e 2016.

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala PI. Cara, achei seus argumentos ótimos contra o ETF. Realmente são coisas a se ponderar.

      Excluir
    2. Eu sou fã do Benjamin Graham, do livro "O investidor inteligente" e já fiz alguns estudos com ETFs, e minha carteira particular tem tido resultado pior que os ETF na maioria das vezes, o que só confirma que investimento passivo costuma ser melhor do que o ativo.

      Apesar de todas essas evidências, eu ainda não fiz essa mudança da minha carteira para ETFs aqui no Brasil por causa das questões comentadas pelo poupador do interior e por causa dos benefícios tributários com as ações, isenção do IR em pequenas vendas etc.

      MAS.... nada impede que uma hora eu me canse de ler relatórios gerenciais e migre tudo pra um ETF ou 2, simplificando minha vida, ganhando mais tempo livre pra fazer outras coisas.

      Abs

      Excluir
  6. Não acho que exista uma resposta certa nessa dicotomia ETF x Stock Picking. A decisão e a estratégia são de cada um.
    A MINHA opinião pessoal sobre os ETF no Brasil é que eles são concentrados demais em poucas empresas, e praticamente são sempre as mesmas. Esta é minha principal crítica no momento. Outra crítica que eu tenho é em relação à metodologia dos nossos principais índices ser fortemente baseada em volume de negócios em bolsa, o que não necessariamente reflete a qualidade de cada empresa componente do índice.
    Claro que tudo isso pode melhorar algum dia, mas por hora é isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então mago. Mas eu acredito que essa ponderação sobre a concentração de certas empresas as vezes prejudica a rentabilidade da galera no geral. Por que o Brasil no final é meio que isso mesmo. Quando as Big-commodities do Brasil vão mal, quase toda a economia vai mal também.

      Excluir
    2. Também já percebi isso, quando deu a crise na Petrobrás, do petrolão, o que teve de pequena empresa que prestava serviço pra ela que faliu... essas grandes empresas no final do dia tem um impacto enorme em toda economia do país.

      Excluir
  7. Legal ótimo conteúdo vamos avante vamos conquista a independência.

    ResponderExcluir